20 de ago de 2010

Turbilhão de emoções



É inexplicável o sentimento que nos toma assim que descobrimos a gravidez.
Será que to pronta? Meu Deus, será que darei conta de cuidar do maridão, da casa, do cachorro, de mim e do bebê?
Não ta cedo não? Caramba, se eu tivesse me precavido isso não teria acontecido!

Mas de repente a gente enxerga o milagre que esta acontecendo dentro da gente e percebe quantas maravilhas estão para vir. Serei mãe agora! Não há nada que me tome o orgulho de estar gerando um ser, meu filho.

Do instante de fragilidade a gente se sente forte o suficiente para brigar com quem quer que seja, defendemos nosso filho desde o primeiro instante, e lutamos para que tudo dê certo. Somos esquisitas mesmo, ao tempo que precisamos de nosso companheiro ao nosso lado, cuidando, compreendendo e nos ouvindo (olhe que tem hr que nem eu me aguento), por outro lado não precisamos de mais ninguém, podemos cuidar de nós mesmas e desta criança.

É um turbilhão de emoções sim, e ainda bem que o estou sentindo!

18 de ago de 2010

Positivo !!!!



Suspeitei desde o princípio, mas Wesley não aceitava o simples exame de farmácia. Por quê? Porque ele não acredita no resultado, segundo relato dele conhece vários fatos de falso positivo e se isso nos acontecesse ele não acreditaria. Resolvi insistir porque estava morrendo de medo de ir fazer a trilha grávida. Até brincamos. Eu disse para ele que se eu estivesse grávida o bebê seria roqueiro, pq era tanto buraco kkkkkkkkk.

Pois é, teste de farmácia eu não fiz, mas na segunda seguinte corri para o laboratório, até porque já tem 10 dias de atraso e isso em mim não é normal. O resultado ta ai, mês passado estávamos tão tranqüilos que inventamos de encomendar nosso baby.

POSITIVO! VAMOS TER UM BEBÊ

Wesley não acreditou, ficou calado ao telefone, os amigos de trabalho disseram que ele ficou branco, desligamos. Minutos depois ele me liga todo feliz, pergunta se já pode contar para todo mundo e ai foi um Deus nos acuda, porque ele tava tão eufórico que eu só contei a notícia para três pessoas, minha mãe, que foi comigo ao laboratório, meu pai e uma amiga da faculdade que por pouco não escapava.

Agora é isso, estou com um turbilhão de pensamentos, sentimentos, mas seguindo e cantando vamos nos preparar para a chegada desse desejado bebê.

14 de ago de 2010

Passeio de bike






Este mês de julho/2010 minha menstruação atrasou, eu suspeitei logo estar grávida. É que estou em fase de tratamento de umas enxaquecas fulminantes que tenho tido nos últimos meses, sendo assim meu anticoncepcional está suspenso até segunda ordem. Trágico!

Para o alívio da nação que mora aqui em casa, Wesley e Eu, foi tudo alarme falso. Planejamos a vinda do nosso primeiro filho para daqui a 2 anos, já que eu termino a faculdade agora e quero me estabilizar para termos nosso baby.

Tudo bem, corações tranquilizados, não ficarei noiada e continuarei com minhas atividades estressantes, faculdade e pedal.

Enfim, não vou ficar encanada, sabe-se lá que não é neura minha, e lá vou eu perder uma pesseio lindíssimo e sonhado né! Vamos fazer uma trilha para Galante e tomarmos o café da manhã lá. Foi ótimo, agora que foi cansativo foi =D
Você poderá também gostar de: