20 de jan de 2011

Cárie? To passando longe!


Eu como toda criança devo ter ouvido anos a fio a famosa frase imperativa: Liz, vá escovar os dentes! É fato...nós também implicaremos com nossos filhos para que cuidem de seus dentes, é nossa obrigação!

Mas para você que acha que os cuidados com a boca de seu filho só se inicia com o aparecimento dos primeiros dentinhos está absolutamente enganada.

Minha primeira informação a este respeito foi com minha odontóloga. EI, VOCÊ TAMBÉM PRECISA CUIDAR DE SEUS DENTES BUXUDA! No meu 2º trimestre procurei a dentista para verificar a saúde da minha boca, estava tudo ok - blz, confesso que não gosto de ir ao dentista. Silênico, ninguém comenta. Ao terminar todos os procedimentos a Dra. passou a me explicar quais os cuidados que terei de ter com Letícia. Ai vão as dicas para vocês:


  1. Após cada mamada, com o uso de gaze ou toalha separada exclusivamente para tal limpeza, umedecida em água morna limpe toda a boca do bebê, língua, gengivas e céu da boca - delicadamente para não machucar -, isto evitará a proliferação de bactérias e os "sapinhos";
  2. Quando surgir o 1º dente deverá passar a usar a "dedeira" e levar o baby para o odontólogo;
  3. Não use creme dental com flúor, o excesso de flúor pode gerar manchas brancas nos dentes. Flúor só após os 12 meses;
  4.  Nunca mele a chupeta ou o bico da mamadeira com açúcar ou melaços e não é necessário adoçar os líquidos oferecidos ao bebê.
Faça do momento da escovação algo divertido assim como as idas ao dentista, desta forma você irá construir  um hábito saudável na sua casa e não terá problemas com as cáries.

Uma boa informação que li há alguns dias foi: Se seu bebê mamou ainda dormindo não vá acordá-lo para fazer a limpeza da boca, assim que ele despertar você a fará com sucesso, pois as cáries só começam a surgir após 12hr, o mesmo deve ser feito com as crianças que tomam mamadeira, espere que ela acorde e assim acompanhe-a a limpeza e escovação.

Eu tomei meus cuidados, claro que tive alguns deslizes, inclusive quando criança, mas minha primeira cárie foi aos 12 anos e até hj, com quase 26, não tive mais nenhuma sequer.

Cuide de seus dentes, cuide dos dentes de seu filho e divirtam-se!




9 de jan de 2011

Enxoval da Mamãe


Seria muito bom ter rios de dinheiro  ir a uma loja especializada, moda gestante, e comprar todas aquelas roupas lindas e elegantes, mas aqui entre nós, que valia terei em gastar tanto dinheiro com uma roupa que me servirá só na gravidez?!

Existem várias listas de "enxoval para gestante", mas será mesmo que precisamos de tudo aquilo?!! Eu vou expor os ítens que para mim são extremamente necessárias,os demais vão de acordo com sua vontade e disponibilidade.

Soutiens para amamentação - Eu sugiro pelo menos 3, de algodão e com o mínimo de costura. Lembrando que 2 deve ser 2 nº maior do que costumávamos usar e um 3 nº maior, pq nos primeiros dias produzimos leite em excesso e não vamos aguentar um soutien nos apertando até as costelas. É certo que hoje temos vários modelos a disposição, mas fuja dos modelos com aro e com bojo, acabam sendo desconfortáveis e você vai acabar aposentando ele antes do tempo.

Calcinhas para gestante - As listas sugerem pelo menos 6. No meu caso uso até hoje minhas calcinhas (estou com 8 meses já). Sempre usei as calcinhas sem costura, talvez por isso não tive grandes incômodos, mas tratei de adquirir pelo menos 4 calcinhas maiores e de cintura alta para usar no pós-parto, no meu caso como terei Letícia por meio de parto cesariana, então será mais confortável por conta do corte. De acordo com o crescimento da pança você vai ter uma noção se precisará de calcinhas extras durante a gravidez.

Cinta pós-parto - Pedem para a gente comprar 2. Comecei comprando apenas 1, até porque não vou começar a usar na maternidade, então eu vou ver se me adapto e vai conforme a necessidade. Alguns alegam que é perda de tempo e de dinheiro, pois não existe nada que comprove que a cinta ajude na recuperação da antiga forma da mãe..... mas uma coisa é fato, depois que o bebê sair para este mundo não haverá mais o volume que deixava nossa barriga durinha, então eu acho que será super desconfortável andar com um barriga balançando...hihihihihi. Compre uma, vai lhe ajudar sim, além do conforto em ter a barriga bem segura vai dar um up no visual.

Calça jeansEstrategicamente precisamos de pelo menos 2 calças pra grávida, elas vestem muito bem, e para quem é viciada em um calça como eu será um martírio não ter uma. É uma investimento, mas daqueles que valem a pena, fora que todo mundo vai te olhar e ainda vai sobrar frases do tipo, "Ei mocinha, você não acha que essa calça já ta lhe apertando não?!!" Eu ouv, e para surpresa de minhas amiga, estava mais que confortável =D

Blusas - Eu usei minhas blusas, algumas né, até os meus 5 meses, daí por diante tive que providenciar algumas batas ou modelos mais folgadinhas. Não vá gastar uma dinheirama com isso, depois vão ficar guardadas tb.

Vestido - Eu descobri no auge dos meus 7 meses que a roupa mais confortável para uma grávida é o tal do vestido. Não tem nada nos apertando, a gente senta a vontade e fica tudo arejado kkkkkkkkkk. Pense em ter pelo menos 2

Calçados - Não é atoa que os médicos pedem para a gente aposentar por instantes os saltos. O fato é que durante a gravidez os ligamentos ficam mais frouxos para que possa haver o aumento do quadril e outras partes do nosso corpo, por isso a grávida está mais propensa aos desequilíbrios e quedas o que pode trazer um problema grande para o baby. Então compre umas 2 sapatilhas e sandalhinhas, além de lhe dar conforto lhe darão a segurança necessária nesta etapa.

Meia calça de compressão - No meu caso não achei necessário. Não tive problemas com inchaços nas pernas, mas se você tem tido este problema, abra mão de um pouco de dinheiro e invista na meia calça.

Faixa de sustentação para a barriga - Não comprei, mas também na reta final, que é quando a barriga mais pesa eu fiquei de repouso, então não deu para sofrer tanto com o peso da pança. Mas com apenas minhas idas ao wc imagino o que as grávidas sentem. Compre esta tal faixa ou aprenda a fazer uma em casa junto com a Crescer.

Camisola para amamentação - Algumas pessoas acham totalmente desnecessário, mas vai por mim, compre pelo menos 2, além de facilitar na hora H vai te deixar bem bonita, até porque os fabricantes capricham nos modelitos. Minha mãe me deu 2 lindas, obg mãe!

Acredito ter falado em tudo, mas há uma dica que não pode ser esquecida. Quando for comprar as blusas, vestidos, ou mesmo mandar sua costureira fazer lembre de que depois de ter seu baby passará um tempo usando as mesmas roupas, então pense sempre em modelo que lhe facilitem a amamentação. Nada pior do que ter que se trancar em um cômodo para tirar toda a roupa e poder alimentar o filhote. Fiquem ligadas!



Cuidados com a mama

Vamos falar a respeito dos cuidados com a mama, afinal de contas, este blog tb é informação.

Até pouco tempo você só via na mama duas "funções": Beleza - orgulho, comparação e timidez -, ou lazer....kkkkkkk, porém com a gravidez a coisa muda de figura e acarreta alguns cuidados.

São as mamas que dão o primeiro sinal de gravidez, ficam sensíveis e desenvolvidas. Ao longo da gestação passará por várias mudanças. Particularmente por volta do 3º trimestre elas voltam a aumentar e por vezes acabam por vazar um líquido esbranquiçado ou amarelado, o colostro.

Preparação das mamas: Alguns indicam procedimentos como esfregar bucha vegetal ou a prática de alguns exercícios, mas o melhor a se fazer é tomar banho de sol, antes das 10h ou após as 16h, apenas 10 min. Isto também conta no período da amamentação, pois ajuda na cicatrização de possíveis fissuras.

Você sabia que há pelo menos 3 tipos de bico e seio? Pois é! Normal, plano e o invertido. 


Nenhum deles significa dizer que não conseguirá amamentar, pois tudo depende da perseverança sua e do bebê, como também a pega deste. Mas por precaução, se você possui o 2º ou 3º tipo será de boa valia adquirir as conchas de silicone para prepará-los durante o dia (ela será usada no pós parto para conter o leite que vaza), ou um corretor de bico, procure estes produtos em casa especializada.

Na fase pós parto fique atenta, se a temperatura da mama aumentar significa excesso de leite, e caso você não ordenhe pode o leite pedrar, o que vai doer muito! Se seu baby está bem alimentado e ainda assim você tem produzido em grande demanda pense na possibilidade de doar seu leite, este ato traz satisfação, pois você passará a ajudar outros babys.

Lembre-se de oferecer ao bebê as duas mamas, assim você evitará que uma delas acabe produzindo mais que a outra e por consequência fique maior. Um vez isso acontecendo, não tem mais volta!

Algumas mulheres acham que se amamentarem ficarão com os seios caídos. Isso não é verdade. O que pode ocasionar  a queda das mamas é o uso inadequado de lingerie durante toda a gestação e pós parto, ou seja, a mama cresce e não é sustentada corretamente, então a pele irá ceder gradualmente e a conclusão é óbvia queda. Sendo assim, use soutien que lhe dê boa sustentação e tudo dará certo, você amamentará livremente e de mente em paz.

5 de jan de 2011

O que fazer com meu bichinho?

Vou ser sincera, eu já maquinei várias formas de ouvir aos comentários do que devo fazer com meu cachorro, mas até agora a única coisa que consegui foi me chatear. Eu não sei porque as pessoas gostam tanto de impor suas idéias quando se estar a esperar um bebê!

Não é aconselhar, eles querem dar ordens, e eu sei que quem tem o direito de escolha sou eu e marido.

DUDU É DA FAMÍLIA E PERMANECERÁ NELA ATÉ O SEU ULTIMO DIA!

Dudu é lindo, peludo, está sempre limpo, que o paizinho dele trata desse caso, vacinado, educado e pronto! Não adianta vizinho, amigos, pai, mãe, primo, cunhado, tio, papagaio reclamar, minha filha será exposta ao convívio com Dudu e ela vai ser uma criança saudável e mais que feliz.

Desde que eu respeite o tempo de Letícia, ou seja, no primeiro mês que ela está bem sensível, e preservar o quarto dela, ta tudo certo. Eu nunca morri por ter cachorro em casa, e meu irmão que nem conviveu com um na pequena infância é cheio de alergia e teve cansaço, então os comentários de que Dudu não deveria estar aqui são equivocados.

Ter um pet em casa, requer cuidados com a higiene, vacinação e adestramento para não ocorrer nenhum acidente, mas eles só trazem benefícios aos bebês e crianças. Aqui vão pelo menos 10 motivos para tê-los:

1. Aumentam o senso de responsabilidade;
2. Facilita a socialização;
3. Fortalece o sistema imunológico;
4. Previne alergias;
5. Trabalha a autoestima;
6. Torna seu filho mais inteligente;
7. Desenvolve a capacidade afetiva;
8. Reduz o estresse;
9. Incentiva a fazer exercícios, e 
10. Ensina sobre a morte.

Por estes e muitos outros motivos que o trouxe aqui, Dudu, vc fica!


              




Você poderá também gostar de: