24 de jul de 2011

A gente que se engana!!

Eu vivo falando esta frase aqui em casa, isso porque subestimamos demais nossos filhotes.

1 - Resistência: temos aquele cuidado enorme, como se o mundo fosse uma constante ameaça mortal a vida dos babys. Porém, considerando a ressalva que tudo tem um limite razoável, o mundo tem muito a contribuir ao desenvolvimento deles, anticorpos, noção de sociabilidade, bons estímulos - maus tb - enfim, se sair de casa fosse algo tão ofensivo eu mesma não estaria aqui para contar história. Fora aqueles casos, estúpidos por sinal, de crianças cujos pais não tem condições físicas, psíquicas e econômicas para protegê-los e os desumanos ue acabam por deixar os filhos em situações precárias, graças a Deus muitas crianças mostram nesses casos sua garra em sobreviver e mostram a nós o quanto são fortes;

2 - Manha: lógico que este assunto tem que ser muito bem observado. Eu por experiência própria posso comentar.
    Como Letícia tem refluxo, ainda mas nos livraremos o mais rápido possível, passamos por dias bem difíceis, era o dia inteiro com a mocinha nos braços. Teve um dia que até liguei para o pediatra e falei: Dr. eu não sei mais o que fazer, Letícia só quer ficar nos braços, chora sempre que a coloco no berço ou qualquer outro lugar. O que ela tem, é manha ou dor? E ele para meu "alívio" disse: Não tem o que fazer mãe, ela tá com dor, não é manha, continue com a medicação e com ela nos braços que logo tudo passará!
     Lógico que detestei saber que ela tava com dor, mas saber que não era manha me deixou mais aliviada.
    1 mês se passou e eu compreendi bem o que é manha. Letícia chora sem parar, coloco ela no trocador - lugar este que ela ama - nada. Põe no berço, nada. Braço, nada! Finalmente meu amor, o que você quer?! Coloquei no bebê confort e ela continuou a chorar. Minha mãe queria dar colo, mas dessa vez decidi deixar ela chorar e observar, resultado: o choro não colou, cessou e de sobra tinhamos uma menina linda, de olhos bem atentos e bem sentada, depois até sorriu e foidormir em paz.
    Isso era manha e ai eu digo, a gente que se engana achando que eles não sabem o que faz.

3 - Desenvolvimento: sempre temos a ansiedade p ver nossos filhotes se desenvolvendo. Esperamos o olhar atento, o sorriso, a mãozinha  pegando tudo, a boca como alvo para tudo, pegadas....Mas lá no fundo não exigimos nada, porque cada criança tem seu ritmo, contudo criamos estímulos e esperamos com calma. De repente vem o resultado, o sorriso lindo, achamos que foi coincidência, mas a gente que se engana, nossos filhos estão fazendo tudo de uma vez. Sorriso, tentam pegar os brinquedos, observam tudo, chutam o calçado longe..... ai ai ai... nós pais nos enganamos sempre e no futuro virão as peripécias e esperamos não nos enganarmos e agirmos rapidamente.

Hoje as crianças são super desenvolvidas. Com 1 mes muitas nem parecem recem-nascidas, logo endurecem pernas, pescoço, estão dando chutes fortes, as crianças andam mais cedo, falam mais cedo...dá-lhe desenvolvimento alá sec XXI.

Por isso não se engane, seu(a) filho(a) está crescendo!!




12 de jul de 2011

3 meses




Finalmente, chegamos aos tres meses de Lele....são tantas promessas - adeus as cólicas, melhora do refluxo, baybay chororo de recém-nascido....promessas - que estávamos contando os dias!

Pouco a pouco Letícia tem se tornado mais sociável e tem se adaptado ao mundo do lado de cá.

com 3 meses ela:

  • Continua com um choro forte, mas vamos combinar que ele está presente quando a barra ta suja;
  • Não quer mais andar nos braços deitada, tem que está muito bem erguida para ver tudo e todos ou a famosa cadeirinha;
  • Já sustenta a cabeça e quando colocada de pé fica com as pernas bem firmes...muito linda!
  • Babação....se vai conversar vem as bolinhas e lambuza tudo....uma graça;
  • Já usa as mãozinhas para tocar os brinquedos e sua imagem no espelho, mas ainda não tem coordenação para agarrar, salvo a fralda ou a manta que a enrola, essa ela leva logo à boca;
  • Fica entediada logo, por isso temos que revesar as brincadeiras e lugares;
  • Aumentou o intervalo das mamadas, ou seja, a cada 3 ou 4 hrs;
  • Já dorme uma noite inteira - 5hr seguidas, mas depois dessa regride para 3 hr na segunda mamada da noite. Já conseguiu uma proeza, dormiu 8 hr seguidas e já passou 9 hr sem mamar kkkkkkkkk;
  • já dorme sozinha...quando percebo seu cansaço coloco logo no berço com a chupeta e a fraldinha no rosto e ela começa a pescar, faço um carinho e pronto!;
  • já me permite alguns alívio aos braços, aceitando a cama, o bebê confort e até o carrinho;
  • Reconhece seus brinquedos e logo sorri;
  • Está descobrindo os pés...ta compreendendo como parte de seu corpinho;
  • Reconhce Dudu, fixa os olhos nele e o segue sem problema;
  • Ensaia sentar, isso é: quando damos as mãos ela logo se ergue, se não ela tenta levantar os ombros ou simplesmente joga a cabeça;
  • Teve melhora quanto as cólicas e refluxo, mas ainda está tomando os remédios....vamos aguardar;
  • Já assiste tv, muito engraçado como ela se concentra nos movimento;
  • Sempre que acorda dá um sinal para nós, não mais o choro típico, e quando chegamos lá encontramos aquele sorriso lindo e brincamos um bom tempo;
  • Aumentou o vocabulário....de repente Letícia conversa grandes diálogos e não seleciona pessoas, ela conversa com todo mundo que se dirige a ela gentilmente. Moça simpática;
  • Definitivamente ela é uma garota muito sensível. Caso eu brinque e aumente o tom da voz ou tenha alguma discussão, ela chora logo. Ontem mesmo eu imitei o chorinho dela, ela me olhou e acho que acreditando que eu chorava de verdade me acompanhou com o choro. Quando eu parei e falei com ela, ela também parou e voltou a mamar. Linda da mamãe!

Enfim, Letícia ta uma gata, um arraso de menina, super inteligente e muito adiantadinha





4 de jul de 2011

2 anos de casamento



São dois anos de amor, companheirismo, lealdade, cumplicidade...Te amo pra sempre e renovo meus votos com vc, jamais esquecerei do que prometemos um ao outro e dedicarei o meu melhor para te fazer feliz.





Você poderá também gostar de: